PRÉ-RESERVA

Nome

Email

Telefone com DDD

Retirada (Data/Hora)

Entrega (Data/Hora)

Grupo

Dicas de Turismo

SANTARÉM/PA

Santarém é o terceiro município mais populoso do estado do Pará. É também o principal centro urbano, financeiro, comercial e cultural do oeste do Pará.
Pertence à região do Baixo Amazonas. Situa-se na confluência dos Rios Tapajós e Amazonas. Localizada a cerca de 800 km das metrópoles da Amazônia (Manaus e Belém), ficou conhecida poeticamente como "Pérola do Tapajós" devido suas belas praias.
Fundada em 22 de junho de 1661, é uma das cidades mais antigas da região da Amazônia. Em 1758 foi elevada a categoria de vila e quase um século depois em consequência de seu notável desenvolvimento foi elevada a categoria de cidade em 24 de outubro de 1848. Está incluída no plano das cidades históricas do Brasil, sendo uma das mais antigas e culturalmente significativas cidades do Pará.

RIO TAPAJÓS

O Rio Tapajós, com suas águas límpidas, esverdeadas, se encontram com o Rio Amazonas, de águas barrentas e majestosas, acontece um dos maiores espetáculos proporcionados pela natureza; o encontro das águas na frente da cidade de Santarém.
As águas correm paralelas por quilômetros, sem se misturar, perfeitamente distintas. Mas esse não é o único show da natureza nessa região. A praia de Alter-do-Chão e as localidades próximas, nos rios Tapajós e Arapiuns, oferecem cenários impossíveis de descrever sem vários adjetivos. Praias infindáveis de areias alvas, finas, com águas cristalina e uma floresta tropical invejável.
Na imensidão de belezas naturais, a região possui, artesanatos e manifestações culturais com forte influência indígena, culinária baseada em peixes como pirarucu e tucunaré. Santarém apelidada de Pérola do Tapajós, se pratica pesca esportiva e amadora, possui grandes festivais folclóricos como o Sairé (Çairé), disputa dos botos Tucuxi e Cor-de-Rosa, Carimbó e Carnaval.

RIO ARAPIUNS

O Rio Arapiuns, é um lugar de encantador em muitos sentidos. Um lugar de encontros de civilizações e culturas, de comerciantes e cientistas, de paisagens e ecossistemas, de florestas e praias, do passado com o futuro e de viajantes que querem conhecer a Amazônia. De Santarém é fácil descobrir esta região fascinante, cheia de histórias, cenários naturais deslumbrantes, praias desertas e com um charme particular.

PRAIAS VIA TERRESTRE

ALTER DO CHÃO: Não foi por acaso que Alter do Chão ganhou o apelido de “Caribe Amazônico” por ter água doce azul-turquesa e areias branquinhas do Rio Tapajós. Em plena selva Amazônica, distante 32 quilômetros do centro de Santarém, Alter tornou-se parada obrigatória dos cruzeiros que navegam pela bacia do rio Amazonas. E se você for mês de setembro, encontrará a Festa do Sairé, uma competição entre os Botos Tucuxi e Cor de Rosa.

PONTA DE PEDRAS: A praia de Ponta de Pedras, fica a aproximadamente 35 quilômetros de Santarém, a praia é conhecida por suas enormes formações rochosas que se erguem na areia branca, possíveis de ver de acordo com a época do ano e o nível do rio. Turistas do mundo inteiro que chegam à Ponta de Pedras buscam tranquilidade e o contato com a natureza.

PINDOBAL: A praia do Pindobal no município de Belterra que fica a cerca de 50 km de Santarém, possui a infraestrutura de pousadas e restaurantes, sua principal característica é o serviço ofertado pelos nativos em disponibilizar barracas cobertas de palhas, as quais são espalhadas pela areia, com mesa onde é colocado o almoço e suportes para atracação de redes que proporcionam comodidade e cochilos convidativos.

ARAMANAI: A praia do Aramanai é uma margem de areias branquinhas banhadas pelo Rio Tapajós, no município de Belterra, possui um cenário paradisíaco e de rara beleza. Quem procura esse lugar é surpreendido pela generosidade do local e pelo prazer de alternar o banho de águas mornas do rio com as águas geladas de riacho, porque na ponta desta praia desemboca o igarapé do Encantado. Outro atrativo deste balneário é o Lago do Encantado.

FLORESTA NACIONAL DO TAPAJÓS: A Floresta Nacional do Tapajós é conhecida por suas belezas naturais. O Rio que banha as terras ribeirinhas muda de cor a cada hora do dia. Também muda de tamanho. No inverno, quando chove bastante, fica bem cheio formando os igapós. De canoa é possível andar no meio da floresta. Já no verão, o rio baixa, fica encolhidinho, quando aparecem as praias com suas areias brancas possibilitando a atividade da piracaia. A água é transparente e limpa, repleta de peixes de diferentes espécies.

Central de Reservas

Fones: (93) 99655-1172 / 99154-3500 / 99177-2763. E-mail: nominall@hotmail.com

MATRIZ: Av. Rui Barbosa, 2089 – Aldeia – Santarém/PA. Fones: (93) 3017.4360 / 3522.4360
FILIAL: Av. Osvaldo da Costa, s/n – Santa Rita – Jurutí/PA. Fones: (93) 3536-1048 / 99186-4206